Skip to content

Autor: Setcemg

IR E VIR SEGURO PREPARA CAMPANHA PARA O PERÍODO DAS CHUVAS

 

Na última terça-feira (12/09), na sede do SETCEMG, integrantes do grupo que coordena o IR E VIR SEGURO reuniram-se para planejar o lançamento da próxima campanha do período das chuvas.

Participaram do encontro representantes do Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER), da Polícia Militar Rodoviária de Minas Gerais (PMMG), e do SETCEMG.

A campanha, uma parceria do SETCEMG com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Militar Rodoviária de Minas Gerais, Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER-MG) e Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), foi lançada em novembro de 2022.

A primeira fase, cujo balanço foi apresentado no final de abril deste ano, dedicou-se aos cuidados no período das chuvas. Numa segunda fase, o foco foi mitigar as consequências com o roubo de cargas nas rodovias de Minas Gerais em parceria com a Polícia Militar de Minas Gerais, disponibilizando o “mapa de calor” com os locais de maior incidência de roubos e furtos de cargas.

“Agora, vamos voltar com campanha de prevenção no período das chuvas para que tenhamos o menor impacto possível para os usuários das vias”, informou o presidente do SETCEMG, Antonio Luis da Silva Junior, durante a reunião. A entidade, também, foi representa no encontro por seu presidente honorário, Gladstone Lobato.

Atenção: obras de manutenção na MG-290 e MG-455

Região de Jacutinga, na MG-290, e trecho de Andradas, na MG-455, terão obras de microrevestimento e fresagem

 

A EPR Sul de Minas avança com os trabalhos de recuperação funcional das rodovias sob sua administração. Entre os dias 01 de agosto e 05 de agosto, as equipes atuarão na manutenção do pavimento na MG-290, iniciando em Jacutinga e seguindo sentido Borda da Mata, e MG-455, no município de Andradas. Todos esses locais estão sujeitos a eventuais bloqueios temporários e operação pare e siga. A medida é necessária para garantir a segurança dos motoristas e trabalhadores durante a movimentação de máquinas pesadas.

A MG-295, LMG-877, MG-459 também contarão com trabalhos de manutenção esta semana, porém sem a necessidade de bloqueios no trânsito. Além do trabalho de conservação, a EPR Sul de Minas segue com obras de recuperação da tubulação de canalização de curso d’água no km 75 da BR-459, em Congonhal.  No local, o trânsito segue sendo desviado pela faixa sentido Poços de Caldas e há operação pare e siga. Em Senador José Bento, no km 68, as obras seguem pelas laterais da pista, sem interferência no fluxo de passagem de veículos

Os motoristas que trafegam pela BR-459, no km 113 devem ficar atentos. O trecho continua com desvio de tráfego, devido a obra de infraestrutura de rede elétrica e de dados às margens da rodovia, para a construção da praça de pedágio.

Confira a programação da operação pare e siga

Pare e Siga na BR-459

De Segunda a Domingo – km 32 (Caldas) – em ambos os sentidos da via

De Segunda a Domingo – km 54 (Ipuiúna) – em ambos os sentidos da via

De Segunda a Domingo – km 78 (Senador José Bento) – em ambos os sentidos da via

De Segunda a Domingo – km 113 (Santa Rita do Sapucaí) – em ambos os sentidos

De Segunda a Domingo – km 158 (Itajubá) – em ambos os sentidos

Pare e Siga na CMG – 146 

De Segunda a domingo – km 538 (Andradas) – em ambos os sentidos da via

De Segunda a domingo – km 550 (Andradas) – em ambos os sentidos da via

Pare e Siga na MG – 290

De Segunda a domingo – km 46 (Borda da Mata) – em ambos os sentidos da via

De Segunda a domingo – km 29 (Borda da Mata) – em ambos os sentidos da via

De Segunda a domingo – km 70 (Ouro Fino) – em ambos os sentidos da via 01/08/2023- entre o km 96,2 e o km 97,2

02/08/2023- entre o km 96,2 e o km 96,7

03/08/2023- entre o km 96,7 e o km 97,2

04/08/2023- entre o km 96,2 e o km 96,7

05/08/2023- entre o km 95 e o km 95,2

Pare e Siga na MG – 173

De Segunda a domingo – km 7 (Cachoeira de Minas) – em ambos os sentidos da via

Pare e Siga na MG – 455 – Andradas

31/07/2023 – entre o km 37 e o km 37,5
01/08/2023-
 entre o km 23 e km 25 e entre os km 41,9 e 42,3

02/08/2023- entre o km 23 e km 25 e entre os km 37 e 37,5

03/08/2023- entre o km 27 e km 28 e entre os km 39,6 e 42

04/08/2023- entre o km 27 e km 28 e entre os km 36,6 e 39,6

05/08/2023- entre o km 30 e km 32

Atenção!

Em locais onde há obras a velocidade permitida da via é reduzida para 40km/h. As rodovias estarão devidamente sinalizadas com placas indicando os desvios e manobras a serem realizadas pelos motoristas, além da velocidade.

Todas as obras seguirão o cronograma indicado em condições normais de operação e clima, com início às 8h e o acesso a via totalmente liberado para o tráfego diariamente após a paralisação das atividades. Em caso de chuva, as obras poderão ser reprogramadas.

Trafegar em uma rodovia em obras exige atenção redobrada. Além de respeitar a sinalização, os condutores devem manter uma distância segura do veículo que vai à frente.

Com informações da EPR Sul de Minas

SETCEMG, EM VISITA AO DNIT, SOLICITA MANUTENÇÃO URGENTE DA BR-381

Representantes do SETCEMG e dos movimentos Ir e Vir Seguro e Pró-Vidas reuniram-se, na segunda-feira, 24/07, com o superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes – Dnit, Antônio Gabriel, para tratar sobre a BR-381, conhecida como Rodovia da Morte, devido ao alto número de acidentes e morte que acontecem no trecho entre Belo Horizonte e Governador Valadares.

O presidente do SETCEMG, Antonio Luis da Silva Junior, aproveitou a oportunidade para fortalecer o relacionamento entre a entidade e o Dnit, que é parceiro do Movimento Ir e Vir Seguro, e entregou um ofício ao superintendente detalhando a situação da BR-381 e a urgência de manutenção de vários trechos.

No documento, o SETCEMG alerta para a necessidade de obras emergenciais, pois a rodovia se encontra com trechos com quedas de barrancos e invasão de grande volume de terras nas pistas, causando afunilamento do trânsito com riscos de graves acidentes e de interdição do trânsito.

“Estamos agora nos aproximando novamente do período de chuvas, momento oportuno para a retomada dos trabalhos de prevenção e realização de obras emergenciais nas estradas, com o objetivo de eliminar riscos evidentes ao tráfego e à segurança dos usuários das rodovias”, alertou o presidente da entidade.

Dessa forma, o SETCEMG  juntamente com o Ir e Vir Seguro e Movimento Pró-Vidas solicitaram ao Dnit providências para a realização de obras de recuperação ou construção de desvios e variantes adequadas que permitam o trânsito de veículos de carga nos trechos indicados.

O superintendente informou que está providenciando mudanças nos contratos de manutenção da BR-381, com o aporte de mais recursos para atender as necessidades.

Na visita, o presidente honorário do SETCEMG, Gladstone Lobato, integrou a comitiva.

BR 381: Corredor Estratégico do Brasil

Neste mês de julho, no dia 7, o Sindicato das Empresas de Transportes de Cargas e Logística de Minas Gerais (SETCEMG) e o Movimento Pró-Vidas BR-381 receberam o diretor da Agencia Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Guilherme Theo Sampaio, e o superintendente de Concessão da ANTT, Marcelo Cardoso Fonseca, para uma conversa sobre a situação do processo de duplicação da BR-381. O encontro foi realizado na unidade do SEST SENAT Jardim Vitória, em Belo Horizonte.

Participaram do encontro o presidente do SETCEMG, Antônio Luís da Silva Júnior; o presidente honorário do Sindicato, Gladstone Lobato;o presidente da FETCEMG, Sérgio Pedrosa; representantes da COMJOVEM BH e Região; lideranças políticas, prefeitos e vereadores da região do entorno da BR-381vetor Leste; e o coordenador do Movimento Pró-Vidas, Clésio Gonçalves. Os jovens empresários, integrantes da Comjovem BH e Região, também marcaram presença no encontro.

Gladstone Lobato, além de agradecer a presença e apoio de todos em favor da duplicação da BR-382, destacou o posicionamento do setor a favor do pedágio para ter uma rodovia segura. “Estamos dispostos a pagar o pedágio e sabemos que a Agência buscará preços justos e módicos”, disse.

Guilherme anunciou que a ANTT aprovou, nesta quinta-feira (6/7), o edital de concessão do sistema rodoviário da BR-381, em Minas Gerais, cujo documento foi publicado no Diário Oficial da União desta sexta-feira (7/7) e o público pôde ter acesso às informações em primeira mão. Faz parte do edital o trecho da BR-381 de 304 quilômetros entre Belo Horizonte e Governador Valadares e serão investidos cerca de 10 bilhões de reais em 10 anos com a duplicação134 quilômetros e melhorias ao longo do percurso.

Estão previstas cinco praças de pedágio na concessão da BR-381/MG: Caeté, João Monlevade, Jaraguaçu, Belo Oriente e Governador Valadares. As tarifas serão diferenciadas para pista simples e dupla. Haverá desconto de 5% para usuários que tiverem TAG. Além disso, o Desconto de Usuário Frequente (DUF) prevê redução progressiva na tarifa pela passagem na praça ao longo de um mês, tornando a cobrança mais justa. O leilão da rodovia está previsto para 24 de novembro de 2023.

“Buscamos modicidade tarifária com um projeto sustentável para tornar a BR-381 em “Rodovia da Vida”, do desenvolvimento, deixando a alcunha de rodovia da morte no passado”, afirmou Guilherme.

Ao final, Clésio Gonçalves colocou que o Movimento Pró-Vidas BR-381 soma seus esforços aos do SETCEMG e a de todos os mineiros, que reconhecem na duplicação da BR-381 uma prioridade para a garantia da preservação de vidas e de desenvolvimento para Minas Gerais.

Confira as fotos no link: https://www.flickr.com/photos/setcemg/albums/72177720309677469

TRC na Mídia: “BR-381:Corredor Estratégico do Brasil”

O evento “BR-381: corredor estratégico do Brasil”, idealizado pelo SETCEMG em conjunto com o Movimento Pró-Vidas BR-381 repercutiu na imprensa na última semana.

O Tempo publicado na última sexta-feira (07/07), foi um dos veículos que repercutiram. Na matéria foi relatada a palestra de Guilherme Theo Sampaio, diretor da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), e as obras que serão licitadas na duplicação da BR-381 entre o trecho de Belo Horizonte e Governador Valadares.

De acordo com o jornal, o edital havia sido aprovado pela agência na quinta-feira (06/07) e publicado pelo Diário Oficial da União, na sexta, 07/07. Dentre as mudanças previstas e que foram apresentadas pelo diretor, estão cinco novas praças de pedágios entre o trecho, que deverão custar entre R$ 11 a R$ 16 cada, usuários frequentes e com TAG terão desconto. O leilão da duplicação foi anunciado e está previsto para o dia 24 de novembro, na sede da B3 em São Paulo (SP). Veja aqui a matéria completa.

O jornal MG2, da TV Globo, também noticiou a publicação do edital e o evento. Além disso, o presidente honorário do SETCEMG, Gladstone Lobato, concedeu uma entrevista na qual refirmou a importância da duplicação para o setor. Confira a matéria aqui.

O jornal Diário do Aço, de Ipatinga, também falou sobre o evento e pontuou sobre a palestra do Guilherme Theo. Além disso, anunciou a data do leilão e o valor que será investido pela empresa que apresentar a melhor proposta e, assim, vencer. Veja aqui a matéria completa.

Confira outras publicações sobre o evento na imprensa:

https://www.em.com.br/app/noticia/economia/2023/07/06/internas_economia,1517125/rodovia-da-morte-br-381-tem-leilao-marcado-para-ainda-este-ano.shtml

https://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2023/07/08/interna_gerais,1517706/edital-de-concessao-da-br-381-preve-duplicacao-e-mais-de-r-9-bi-em-aportes.shtml

https://www.metabase.com.br/metabase-participa-do-movimento-pro-vidas-br-381

Acompanhe os roubos nas rodovias mineiras em tempo real

Diante do cenário de roubos de cargas no estado e a viralização de inúmeras matérias veiculadas nas redes sociais apontando um aumento de roubo de cargas, o assessor de Segurança Patrimonial da FETCEMG e coordenador do GT de Segurança do SETCEMG, Ivanildo Santos, faz uma análise sobre o cenário.

Segundo ele, no primeiro trimestre, analisando os números da SEJUSP MG, é possível observar um aumento real nos furtos e roubos de cargas de aproximadamente 12% em relação ao mesmo período de 2021 e 2022.

“Vendo esse aumento gradativo de roubo de cargas, o que preocupa toda a cadeia de transporte, procuramos intensificar o contato dos transportadores com as forças de Segurança. No SETCEMG, somente neste ano, já realizamos três reuniões de GT de Segurança, visando aproximar o transportador das forças de segurança, mostrar a realidade do roubo de carga no país e orientar o transportador nos cuidados com as medidas de segurança no transporte rodoviário de carga”, destaca Ivanildo.

IR E VIR SEGURO

Uma outra ação de impacto do Sindicato é a campanha IR e VIR SEGURO, cujo foco em sua nova etapa é a atenção ao roubo de cargas. Desde o final de abri, o SETCEMG em parceria com a Polícia Militar Rodoviária de Minas Gerais disponibiliza no site do Ir e Vir Seguro o mapa com informações atualizadas dos locais com maior incidência de crimes contra o patrimônio nas rodovias de Minas Gerais.

De acordo com o mapa as regiões de maior concentração desse crime é a Metropolitana de Belo Horizonte, o Triângulo Mineiro e Sul de Minas, nas Brs 040 entre Contagem e Conselheiro Lafaiete, 262 na grande BH e em Manhuaçu, e na 381 entre Pouso Alegre e Cambuí.

Veja, aqui, o mapa e acompanhe as informações em tempo real.

TRC Na Mídia apresenta balanço da campanha Ir e Vir Seguro

O balanço da campanha Ir e Vir Seguro no período das chuvas repercutiu em jornais, televisões e em portais de notícia

O SETCEMG, em parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Militar Rodoviária de Minas Gerais, o Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER-MG) e o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), realizou no final de abril um café para imprensa para divulgar o balanço da campanha e informar sobre as novas etapas do IR e VIR SEGURO.

A primeira etapa da campanha foi realizada no período das chuvas, com início em novembro de 2022 e encerramento no final de abril. O objetivo foi trafegar com mais segurança nas rodovias no período das chuvas, conhecendo os locais com interdições e com riscos maiores, acesso a rotas alternativas e dando celeridade às emergências. Na avaliação do SETCEMG e dos seus parceiros, a campanha cumpriu seus objetivos.

Veja as matérias nos links que seguem:

Raio X das rodovias é divulgado
G1 – MINAS GERAIS – SP – Online – 27/04/2023
DER-MG, Setcemg, PRF e PMMG apresentam balanço da primeira fase da campanha “Ir e Vir Seguro”
Der – Home – MG – Online – 27/04/2023
Número de acidentes cresce nas estradas de Minas, mas casos com vítimas caem 21%
O Tempo – Home – MG – Online – 27/04/2023 – Isabela Abalen, Raquel Penaforte
Número de acidentes cresce nas estradas de Minas, mas casos com vítimas caem 21%
Muzambinho.com – Home – MG – Online – 27/04/2023
Apesar do aumento de acidentes, número de vítimas cai nas rodovias de MG
Estado de Minas – Home – MG – Online – 27/04/2023 – Julia Salim*
Campanha “Ir e Vir Seguro”, em Minas, tem balanço positivo na primeira fase
Estradas – HOME – RJ – Online – 27/04/2023
Apesar do aumento de acidentes, número de vítimas cai nas rodovias de MG
Tudo em Dia – Home – MG – Online – 27/04/2023
Balanço da campanha “Ir e Vir Seguro”, aponta uma redução de 57% nas interdições das rodovias de Minas Gerais
BH Eventos – Home – MG – Online – 28/04/2023
POSICIONAMENTO MP 1.153/2022
Mercado Comum – Home – MG – Online – 28/04/2023 – Carlos Alberto Teixeira
Balanço da campanha “Ir e Vir Seguro”, aponta uma redução de 57% nas interdições das rodovias de Minas Gerais
BH Eventos – Home – MG – Online – 28/04/2023
Número de acidentes cresce nas estradas de Minas Gerais
Jornal de Notícias – Montes Claros – MG – 11 – 29/04/2023
Apesar do aumento de acidentes, número de vítimas cai nas rodovias de MG
Por dentro de tudo – Home – MG – Online – 30/04/2023 – Ronaldo Araújo
BRs 381 e 040 somam 51% dos acidentes em 2023 após anos de promessas sem solução
O Tempo – Home – MG – Online – 03/05/2023 – José Vítor
BRs 381 e 040 somam 51% dos acidentes em 2023 após anos de promessas sem solução
Correio de Minas Online – Home – MG – Online – 04/05/2023
     

Audiência pública discute situação crítica da Br 040 em Minas Gerais

Representantes do poder público, da sociedade civil e de instituições privadas debateram problemas em trecho da rodovia entre BH e Conselheiro Lafaiete

A situação crítica da BR-040, no trecho entre os municípios mineiros de Belo Horizonte e Conselheiro Lafaiete, reuniu em uma audiência pública, nessa segunda-feira (8/5), importantes atores do poder público, da sociedade civil e de instituições privadas.

Representando o setor transportador, o diretor de relações institucionais da CNT (Confederação Nacional do Transporte), Valter Luís de Souza, participou do debate em busca de soluções para problemas de fundamental importância, que refletem não apenas no setor transportador, mas também na qualidade de vida da população.

Cerca de 200 participantes discutiram, por exemplo, questões relativas ao alto índice de acidentes e de vítimas fatais nesse trecho da rodovia; aos frequentes danos materiais nos veículos que trafegam no local; ao problema da poeira, que vem prejudicando a saúde das pessoas que moram e trabalham na região; à necessidade de uma via exclusiva para o escoamento de minério; ao próximo modelo de concessão de rodovias; e à cobrança da tarifa de pedágio.

Na mesa de abertura da audiência pública realizada no MPMG (Ministério Público de Minas Gerais), em Conselheiro Lafaiete, o diretor da CNT, Valter Luís de Souza,  sentou ao lado das seguintes autoridades: o procurador-geral de Justiça, Jarbas Soares Júnior; o corregedor-geral, Marco Antonio Lopes de Almeida; a ouvidora do MPMG, Nádia Estela Ferreira Mateus; o prefeito de Conselheiro Lafaiete, Mário Marcus Leão Dutra; o presidente do Codap (Consórcio Público para o Desenvolvimento do Alto Paraopeba) e prefeito de Entre Rios de Minas, José Walter Resende Aguiar; o diretor da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), Guilherme Theo Rodrigues da Rocha Sampaio; o subsecretário de fiscalização ambiental da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Alexandre de Castro Leal; e o deputado federal Padre João (PT-MG).

Fonte: Agência CNT Transporte Atual

IR e VIR Seguro lança mapa de calor com os crimes contra o patrimônio nas rodovias de Minas Gerais

A campanha Ir e Vir Seguro traz novidades para os transportadores e operadores logísticos que atuam no estado de Minas Gerais

Em uma parceria com a Polícia Militar Rodoviária de Minas Gerais, o Ir e Vir Seguro disponibiliza o mapa com informações atualizadas dos locais com maior incidência de crimes contra o patrimônio nas rodovias de Minas Gerais de 2018 a 2023.

Para o presidente do SETCEMG, Gladstone Lobato, essa é mais uma inovação empreendida pela entidade para levar segurança para os transportadores. “O mapa atualizado em tempo real pela Polícia Militar Rodoviária de Minas Gerais será uma ferramenta importante para que os transportadores possam definir o horário e rotas mais seguros para suas operações. A campanha IR e VIR, segue, assim, com seu propósito de buscar maior segurança em nossas vias e de forma perene”, disse.

A campanha, uma parceria do SETCEMG com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Militar Rodoviária de Minas Gerais, Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER-MG) e Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), foi lançada e novembro de 2022.

A primeira fase, cujo balanço foi apresentado no final de abril, dedicou-se aos cuidados no período das chuvas. Nesta segunda fase, o foco será mitigar as consequências com o roubo de cargas nas rodovias de Minas Gerais em parceria com a Polícia Militar de Minas Gerais.

Para o Major Robson Almeida do comando a PMMG a segurança pública é uma construção conjunta entre o Estado e a sociedade. “Em nossa parceria com o SETCEMG, encontramos uma grande força propulsora de ideias grandiosas que podem de fato envolver a sociedade nas soluções para melhorias significativas para a segurança”, aposta o Major.

Sua expectativa é ampliar o alcance das informações com a divulgação do mapa de calor onde acontece os crimes contra o patrimônio. “Vamos aprofundar em problemas mais complexos, mas continuar contando com soluções simples que, potencializadas pela capacidade de congregação de esforços do SETCEMG, promoverão mudanças com impactos perenes”, informou o Major Almeida.

No site do SETCEMG e no do IR e VIR Seguro você encontra informações sobre a campanha e poderá acompanhar as informações em tempo real onde acontece os crimes contra o patrimônio e as intervenções nas rodovias de Minas Gerais.

Acompanhe, aqui, o mapa de calor de crimes contra o patrimônio e das intervenções nas rodovias.

Governo de Minas anuncia 13 novas obras de recuperação funcional em rodovias mineiras

O Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER-MG) publicou, na terça-feira (2/5), ordem de início para obras de recuperação funcional do pavimento de 13 segmentos rodoviários. Os trabalhos serão realizados em cerca de 353 quilômetros de rodovias e contarão com investimento de aproximadamente R$ 130 milhões do Provias.

A partir da ordem de início das obras, as empresas que farão os serviços possuem um prazo de 30 dias para contratação de trabalhadores e fornecedores; montagem de canteiros de obras; deslocamento de equipamentos e mobilização de diversos itens que compõem o empreendimento.

Dos 13 novos segmentos que passam a integrar o Provias, sete estão na Zona da Mata, três na Região Metropolitana de Belo Horizonte, dois no Vale do Mucuri e um no Noroeste de Minas.

As sete novas obras situadas na Zona da Mata somam 171 quilômetros e receberão investimento de aproximadamente R$ 57 milhões. Elas serão realizadas na LMG-823, entre São Sebastião do Anta a Inhapim; na MG-329, entre Bom Jesus do Galho e Caratinga; na LMG-834, entre Caiana e Espera Feliz, na LMG-834; no trecho Mutum-Lajinha, na MG-108; entre Viçosa e Porto Firme, na MGC-482; na MGC-120, entre Dom Silvério e Ponte Nova e, por fim, no trecho Sem Peixe ao entroncamento para a MGC-120, na AMG-1760.

Na RMBH, as obras serão realizadas em três segmentos: LMG-806, entre o condomínio Capela até o início do perímetro urbano de Ribeirão das Neves; na AMG-0150, entre o entroncamento da MG-030 e Raposos; e na MG-238, no trecho entre a interseção da Iveco até Sete Lagoas. Nos 22 quilômetros de vias que compõem os trechos mencionados serão investidos cerca de R$ 16 milhões.

No Vale do Mucuri, um dos trechos, com 19 quilômetros de extensão e custo estimado de R$ 8 milhões, é o da MG-412, entre Ataléia e o trevo de acesso à BR-418. O segundo, com 90 quilômetros e investimento previsto de aproximadamente R$ 38 milhões, é a recuperação funcional entre a divisa de Minas com a Bahia até Teófilo Otoni, na MG-418.

Por fim, na região do Noroeste de Minas, as obras de recuperação vão acontecer em 51 quilômetros da MG-410, entre Bela Vista e Presidente Olegário. Os recursos para o serviço serão da ordem de R$ 10 milhões.

Licitação

Além dos 13 trechos que receberam ordem de início, sete outros segmentos tiveram os editais para a realização de obras anunciados pelo governador Romeu Zema, no sábado (29/4).

O edital 025/2023 vai contemplar as obras de recuperação funcional de 29 quilômetros da MG-190, no trecho compreendido entre os entroncamentos da BR-262 e da MG-464, próximo ao município de Sacramento. Já o edital 026/2023 se refere aos 107 quilômetros da MG-428, no trecho que se inicia no entroncamento da BR-262, em Araxá, e vai até a divisa de Minas Gerais e São Paulo. A previsão é que somente estes dois editais movimentem um total de R$ 88 milhões em obras de melhorias.

A recuperação funcional do pavimento na MGC-464, no trecho de 51 quilômetros, entre o entroncamento da BR-050 e a AMG-2520, faz parte do edital 030/2023. Já os 24 quilômetros da rodovia LMG-827, entre Pratinha e o trevo da BR-262, estão previstos no edital 031/2023. O valor das obras nos dois editais é de cerca de R$ 49 milhões.

O edital 033/2023, por sua vez, engloba os três últimos segmentos rodoviários: a LMG-733, entre MGC-455 (Pirajuba) e a cidade de Frutal, a MGC-455, entre Campo Florido e Pirajuba, e a MGC-455, que receberá novo pavimento no trevo para Pirajuba.

Recuperação funcional

O processo de engenharia conhecido como recuperação funcional consiste em devolver à rodovia seu estado original em três etapas. Na primeira fase das intervenções, são realizados os remendos profundos e a fresagem, que é colocação de uma nova camada de asfalto para nivelar e corrigir o pavimento.

Em seguida, é aplicado o revestimento asfáltico, ou seja, a camada superior destinada a resistir diretamente às ações do tráfego. Assim, a pista será impermeabilizada e proporcionará melhora nas condições de dirigibilidade.

A obra é finalizada com a pintura da sinalização horizontal, implantação de tachas refletivas no eixo e bordos, além da revisão da sinalização vertical, com colocação de novas placas e o reestabelecimento dos dispositivos de drenagem.
Com informações da Agência Minas Gerais